O cara que escreve aqui se chama Francisco Slade. Um cara aí. Se quiser falar com ele, é só clicar no nome. E, sim, Slade é nome mesmo.









Livros publicados

Esse é meu primeiro romance, Domingo.




Também tô na antologia Paralelos:

0




Para ler também

A menina no deserto
Recheio de quê?
Malandro é o gato
Prosa Caotica
Wry
Pariscope Blues
Encefalopsia
Suum cuique
moca
Verborrágica
bináriogeral
ainda ela
Natureza complicada
mundoestranho
Paralelos


Arquivos




This page is powered by Blogger.

















Seu dinheiro de volta!

3.6.03  

PEÇO AOS QUE TIVERAM PACIÊNCIA...



... de ler esse post aí de baixo, o das portas, que me ajudem um pouquinho – não, não é narcisimo, pelo menos não dessa vez. Seguinte: quando fiz esse blog, ele tinha basicamente a função de servir como exercício de escrita e como campo de testes das coisas que eu escrevo vistas por outras pessoas. Até criar o seudinheiro, nunca tinha tido cara pra mostrar algo que eu tinha escrito pra alguém. Tive que me forçar porque achei que, ainda que todo mundo achasse uma merda, era construtivo saber o que é tornar público aquilo que se faz pra si mesmo. Então, gostaria de pedir um troço: os que me acompanham há mais tempo – ou que tiveram saco de ler o blog todo – já tem uma idéia de como costumo a escrever; imagino que o último post foi um pouco diferente do habitual; vocês acham que alguns recursos que utilizei (como repetição de palavras e de construções de frases, períodos longos e poucas vírgulas) ficam claros como opções, como escolhas conscientes, ou apenas parece que eu escrevi de forma "simplória" por acaso? Se um de vocês puder me dar uma opnião sobre o assunto, muito obrigado.


posted by franciscoslade 12:55 AM