O cara que escreve aqui se chama Francisco Slade. Um cara aí. Se quiser falar com ele, é só clicar no nome. E, sim, Slade é nome mesmo.









Livros publicados

Esse é meu primeiro romance, Domingo.




Também tô na antologia Paralelos:

0




Para ler também

A menina no deserto
Recheio de quê?
Malandro é o gato
Prosa Caotica
Wry
Pariscope Blues
Encefalopsia
Suum cuique
moca
Verborrágica
bináriogeral
ainda ela
Natureza complicada
mundoestranho
Paralelos


Arquivos




This page is powered by Blogger.

















Seu dinheiro de volta!

9.10.03  

DESENHO









(Pra vocês não terem que ficar apertando a vista pra enxergar o texto no desenho, resolvi repeti-lo aqui)



Pois é. Esse desenho eu fiz há muito tempo – quando eu tinha esse hábito. Não sei mais fazer isso. Como eu tava mexendo nele esse dias, resolvi colocar aqui. Um exercício de amor-próprio. Talvez seja isso. Enfim. Eu só sabia desenhar isso, gente, e quando eu ia dar um passo mais ‘ousado’, deixei de desenhar. Ás vezes sinto saudade desses tempos. Tomava ácido a beça e ficava desenhando; é uma experiência incrível pra quem desenha; é enlouquecedor perceber de quantas camadas superpostas se compõe uma simples folha de papel. E as cores? Fantástico. Depois o LSD começou a me fazer pensar e, com tanta coisa pra ver dentro da minha própria cabeça, deixei de olhar pro papel. No resto do tempo, a vida me tomou o tempo de desenhar. Ou eu comecei a escrever mais. No fundo acaba sendo uma escolha, não?


posted by franciscoslade 7:25 PM