O cara que escreve aqui se chama Francisco Slade. Um cara aí. Se quiser falar com ele, é só clicar no nome. E, sim, Slade é nome mesmo.









Livros publicados

Esse é meu primeiro romance, Domingo.




Também tô na antologia Paralelos:

0




Para ler também

A menina no deserto
Recheio de quê?
Malandro é o gato
Prosa Caotica
Wry
Pariscope Blues
Encefalopsia
Suum cuique
moca
Verborrágica
bináriogeral
ainda ela
Natureza complicada
mundoestranho
Paralelos


Arquivos




This page is powered by Blogger.

















Seu dinheiro de volta!

25.12.04  

PERGUNTAS AO OFTALMOLOGISTA



É só o astigmatismo que me borra a vista?

O quê, na história desses meus olhos

ou ainda mais atrás –

e acho que lá nem consigo achar – ?

Ou é o mundo, que é borrado?



[e que olhos... a hipermetropia me deixou como remédio uma boa noção da vida à distância. noção que o astigmatismo desfocou. sou alguém que não entende o mundo de perto e nem de longe; não há ponto em que não atue defeito. e, ainda assim, eu acabei, ironicamente, pedindo tanto de canal quasinterompido; e dando tanto a ele. minha visão é uma piada, uma anedota matemática de gosto duvidoso; nada que me impossibilite de me movimentar no mundo, mas que me deixa em permanente desconforto. aqui ou lá. E, mesmo depois disso tudo, ainda é assim que eu percebo tudo. Não muito claro.]



Mas e se o mundo é que é borrado?



– Leia a terceira linha de baixo pra cima, por favor.


posted by franciscoslade 4:55 AM