O cara que escreve aqui se chama Francisco Slade. Um cara aí. Se quiser falar com ele, é só clicar no nome. E, sim, Slade é nome mesmo.









Livros publicados

Esse é meu primeiro romance, Domingo.




Também tô na antologia Paralelos:

0




Para ler também

A menina no deserto
Recheio de quê?
Malandro é o gato
Prosa Caotica
Wry
Pariscope Blues
Encefalopsia
Suum cuique
moca
Verborrágica
bináriogeral
ainda ela
Natureza complicada
mundoestranho
Paralelos


Arquivos




This page is powered by Blogger.

















Seu dinheiro de volta!

2.8.05  

DEIXA,

moça,
deixa.

Eu voltar ao pó entre suas coisas,
assentar calado na tua caixinha de porcarias,
mais um nome,
outra letra,
a rara foto,
alguns pontos mal colocados.

Deixa:
uma lembrança achatada e
seca
no meio de um livro qualquer –
mas, olhando agora,
você nem sabe mais qual no meio das tantas lombadas da sua estante.

Mas não,
não busca. Deixa.

As palavras, toma todas;
usa, são suas. Você não me deve nada.

Descasco, de pele em algarismo;
de desordem,
em dia na sua ordem,
o sétimo,
antes do louro, depois do advogado.

Sim, eu sei, tem muita mentira mas,
à medida que os hematomas nas suas pernas já não sou eu que faço,
isso
deixa de importar.
Deixa.

Deixa.


posted by franciscoslade 2:49 AM