O cara que escreve aqui se chama Francisco Slade. Um cara aí. Se quiser falar com ele, é só clicar no nome. E, sim, Slade é nome mesmo.









Livros publicados

Esse é meu primeiro romance, Domingo.




Também tô na antologia Paralelos:

0




Para ler também

A menina no deserto
Recheio de quê?
Malandro é o gato
Prosa Caotica
Wry
Pariscope Blues
Encefalopsia
Suum cuique
moca
Verborrágica
bináriogeral
ainda ela
Natureza complicada
mundoestranho
Paralelos


Arquivos




This page is powered by Blogger.

















Seu dinheiro de volta!

5.10.05  

SAUDADE

é um tempo
específico
que o homem carrega consigo.

Tantas caras
que ele mostra.

Uma
pra cada
um.

Não havia de ser diferente comigo.

Não sou nada
do que você pensa
– nem de coisa nenhuma.

Mas sinto.

Se pudesse, pedia:

perdoa.

Eu acho,
eu,
que,
não sei,
que
acho voltas coisas bonitas.

Vamos,
vem!,
roda comigo.

(Bati com muita força?
Ou foi que meti fundo demais?
Te fez chorar,
fez vazar,
fez,
fiz.)

Se pudesse:
Vem,
vamos!

Comigo.


posted by franciscoslade 3:47 AM